NBA 2k17

PS3

R$ 49,90 R$ 14,90
Licença
-
+
Marcadores / / /
Descrição

O primeiro ponto de NBA 2K17 é que ele tem bastante conteúdo. Por um lado, tantos modos podem confundir e cair em esquecimento pelos jogadores que amam basquete e só querem saber de fazer enterradas ou lances bonitos à la LeBron James, Stephen Curry e Paul George. Por outro, as categorias disponíveis oferecem maior longevidade ao título. 

NBA 2K17 (Foto: Divulgação)
NBA 2K17 traz Paul George na capa do game

De forma geral, NBA 2K17 não muda a jogabilidade ou gráficos de seus antecessores. O que a versão 2017 quer mostrar é uma customização tão grande que o jogador pode passar horas editando seu jogador, equipe e até mesmo a liga que irá jogar. Além da volta dos modos MyGM e MyLeague.

Começando a jornada de um campeão

Ao iniciar, a primeira tarefa do jogador é criar o personagem. Ele será o seu representante dentro do game, tanto online quanto offline. A quantidade de possibilidades de combinações diferentes para personalizar o avatar é tão grande que o jogador pode perder um bom tempo se quiser deixá-lo com a sua cara. Por outro lado, o usuário pode escanear a face para personalizar o seu personagem.

NBA 2K17 (Foto: Reprodução/Rodrigo Rosalinski)

NBA 2K17 possibilita que você crie o seu personagem no game 

Um dos atrativos de valorizar a criação do personagem é que, quando estiver cansado de jogar com o ele na NBA, você pode migra-lo para o Blacktop, MyPark, jogar online ou criar uma temporada no formato que quiser.

No modo MyCarrer, o jogador é apresentado às personalizações para criar seu próprio atleta na liga de basquete norte-americano. Cabelo, formato do rosto, número do uniforme e mais o que for possível.

NBA 2K17 (Foto: Reprodução/Rodrigo Rosalinski)

NBA 2K17: modo MyCareer traz narrativa fora das quadras de basquete 

Depois, a narrativa começa. Você é o melhor jogador do High School e deve escolher uma universidade para jogar. Isso é interessante porque mostra a importância que a 2k oferece à trajetória de um jogador profissional nos Estados Unidos.

Na universidade você jogará cinco partidas, cada uma tem uma importância para sua carreira. Uma será sua primeira aparição na rede nacional de TV, outra será a final do campeonato. Esses jogos servirão para avaliar você e o seu jogador e posteriormente definir em que posição você será escolhido no draft. Ao final de cada partida, há uma avaliação que apresenta como o seu jogador está sendo visto diante os times que querem recrutá-lo. 

NBA 2K17 (Foto: Reprodução/Rodrigo Rosalinski)

NBA 2K17: modo MyCareer começa com o jogador ainda na faculdade 

 

E depois do seu ciclo universitário, você é levado ao draft que definirá a sua futura equipe. A partir daí você jogará temporadas e temporadas para evoluir seu jogador e se tornar uma lenda.

NBA 2K17 (Foto: Reprodução/Rodrigo Rosalinski)

Jogue online e offline

O seu personagem também pode jogar nos modos Blacktop e MyPark. O primeiro é para jogar o basquete de rua usando o multiplayer local e podendo escolher os jogadores atuais da NBA e os que participarem de equipes do passado, além das equipes europeias. Blacktop também recebeu as presenças do jogador de futebol francês Thierry Henry e o ator Michael B. Jordan.

Nesse modo, o jogador pode escolher entre partidas de um contra um até cinco contra cinco. Para formar a equipe o jogador pode selecionar atletas de qualquer equipe do jogo para ter o time que desejar. Pode-se definir, também, se a partida será em toda a quadra ou apenas metade dela, além de quantos pontos o time deve alcançar para vencer. Prepare-se para ver Michael Jordan jogando com LeBron James e mais o que a sua criatividade permitir. 

NBA 2K17 (Foto: Reprodução/Rodrigo Rosalinski)

 

Já em My Park, você deve escolher uma das três afiliações que são apresentadas. Assim que selecionar uma, você poderá jogar contra outros usuários do mundo ao estilo de basquete de rua, onde reputação é um dos principais atrativos do modo. A conexão de internet aqui é muito importante. Ao passo que você joga com pessoas do mundo todo, os lags podem acontecer e frustrar aquela jogada.

O modo não é uma novidade na versão 2017, mas pode ter certeza de que foi um tiro certeiro da 2K Sports para variar os modos de jogo e incluir uma ótima categoria online.

NBA 2K17 (Foto: Reprodução/Rodrigo Rosalinski)

Crie uma equipe... do zero!

MyGM e MyLeague são modos cheios de conteúdo e que voltaram ao NBA 2K17. Ter a oportunidade de criar o próprio estádio, uniforme, logo, e definir as cores e a cidade do time oferece uma sensação de que, quando se está jogando uma partida e disputando um campeonato, aquela equipe é sua e valeu o esforço e tempo customizando e editando uniformes e quadra. 

Um ponto interessante ao iniciar o modo é escolher a cidade, pois são exibidas as propriedades dela: quantidade de pessoas e o interesse por basquete. Tudo aqui é customizável e, por isso, a sua e as outras equipes participarão de um draft com todos os atletas disponíveis para formar novos elencos para cada time. 

NBA 2K17 (Foto: Reprodução/Rodrigo Rosalinski)

 

Além disso, você pode configurar a liga para deixar do jeito que quiser quando for joga-la, podendo remover teto salarial, lesões, trocas, diminuir ou aumentar o tempo das partidas simuladas ou não.

A trilha sonora do game é difícil de colocar defeito. É bastante variada para os momentos antes das partidas e parece ser um dos melhores pontos para a série de basquete da 2K Sports. As músicas incluídas no game e em seus antecessores são sempre dignas de elogios pelos jogadores.

NBA 2K17 (Foto: Reprodução/Rodrigo Rosalinski)

 

Embarcando na fama que o modo Ultimate Team ganhou na série Fifa, NBA 2K17 tem o seu próprio modo de cartas. Os tutoriais podem ajudar os iniciantes do modo que prevê que o jogador possa criar o time dos sonhos com as cartas que ganha durante a jogatina.

O ditado "Nada se cria, tudo se copia" é pensado várias vezes, e fica a pergunta: se a 2K Sports tem a preocupação de oferecer um jogo mais completo e divertido a cada ano, porquê não usar o tempo que tem para inovar? Afinal, o Ultimate Team é um sucesso porque inovou em uma edição de Fifa, e o MyPark é um excelente exemplo de que podem fazer isso mais uma vez.

NBA 2K17 (Foto: Reprodução/Rodrigo Rosalinski)

 

Brilhando como as estrelas

Outro ponto bastante divertido é a chance de disputar o final de semana das estrelas, os eventos "All Star" que, além da partida com os mais votados da temporada, o jogador pode participar dos torneios de cestas de três pontos e de enterradas. E, mesmo que nenhum atleta do seu time se qualifique para um desses eventos, você ainda pode jogar, e com todos os atletas qualificados.

NBA 2K17 (Foto: Reprodução/Rodrigo Rosalinski)

Vale a pena jogar o evento para quebrar o ritmo de jogos da temporada, já que é um evento atípico e muito divertido. No campeonato de enterradas, por exemplo, o jogador pode escolher qual manobra quer realizar, e todas têm uma indicação colorida para os diferentes níveis de dificuldades. E quanto maior for a dificuldade, maior será a pontuação. Os jogadores são orientados por uma barra que indica a hora de apertar o botão do controle. Se errar, você será vaiado, mas se acertar, voará por cima de uma motocicleta.

NBA 2K17 (Foto: Reprodução/Rodrigo Rosalinski)

 

NBA 2K17 diverte por longas horas devido à quantidade de modos online e offline. Mas parece que a cada edição a 2K Sports perde a chance de inovar, adicionar um detalhe, voltar com outro de uma edição antiga para criar um atrativo ao game, como a série Fifa fez com o modo The Journey, por exemplo. Ter um modo de cartas parecido com o Ultimate Team da série Fifa não será um sucesso apenas por se parecer com o do simulador de futebol, é necessário conteúdo para atrair os jogadores ao modo. Afinal, gráficos e jogabilidade não são novidades de que a cada ano estarão melhores. 

 

Especificações
  • Legenda: Inglês
  • Audio: Inglês
  • Tamanho: 7.9 GB

Trailer
Gameplay

Tipos de Licença

Avalições

Based on 1 review Escreva uma avaliação

Produtos vistos recentemente