MURDERED SOUL SUSPECT

PS4

MURDERED SOUL SUSPECT

Disponibilidade: Em estoque
R$ 29,90

Trama sobrenatural

Ronan O’Connor é um detetive problemático perseguindo o mais ardiloso serial killer que a polícia da cidade de Salem nos Estados Unidos já havia visto. Ao seguir uma pista do caso ele acaba confrontando o assassino e leva a pior ao descobrir que seu algoz possui uma força sobre-humana.
Após uma luta desigual, Ronan é assassinado e se torna um fantasma. No outro mundo ele encontra sua mulher, Julia, porém não pode ficar ao lado dela sem antes resolver seus assuntos inacabados na Terra. Isso lança o detetive em uma longa investigação que envolverá médiuns e o passado tenebroso de caça às bruxas de Salem.
A história se desenvolve muito bem, apesar de ter lá os seus óbvios clichés, apresentando boas reviravoltas e estando um pouco acima do nível de outros jogos. O único problema no enredo é que o antagonista fica muito tempo fora dele, sem dar um senso de urgência, sem ameaçar Ronan. Apesar disso tudo, a conclusão ainda satisfaz.

 Murdered: Soul Suspect mata seu protagonista nos primeiros minutos de jogo (Foto: gamingshogun.com)

Jogabilidade fantasma

A melhor parte da jogabilidade está no conceito de ser um fantasma, o qual é inicialmente muito desorientador, exatamente como deveria ser. Atravessar paredes, pessoas, objetos, quebra muito do que estamos acostumados a ver em um videogame. Porém, várias dessas ideias não se desenvolvem.
Você não pode entrar em qualquer lugar, pois a cidade de Salem é muito religiosa e a maioria das suas construções foram consagradas. Apenas quando alguém abre uma porta ou janela você pode entrar. Isso não significa que você terá que ficar parado em frente a uma casa até que alguém abra uma porta, mas que apenas entrará em locais relevantes para a campanha.

 As investigações são o ponto alto da jogabilidade, apesar do problema da falta de cursor (Foto: structuregaming.com)
As investigações são o ponto alto da jogabilidade, apesar do problema da falta de cursor

Ao entrar nesses locais, começa a investigação. Ronan precisa normalmente chegar até uma cena de crime ou local relevante a investigar, o qual está em um ponto de difícil acesso. Isso porque no meio do caminho às vezes há paredes impossíveis de atravessar ou poças de gosma preta que puxarão Ronan para o inferno se ele passar perto.

 Demônios adicionam algum desafio ao jogo, mas não se conectam à história (Foto: tech-gamer.com)

Demônios adicionam algum desafio ao jogo, mas não se conectam à história 

Sai, demônio

Até esse ponto o jogo mal tem algum desafio, e é então que são introduzidos os demônios. Em alguns locais essas criaturas surgirão e se Ronan for avistado, elas o devorarão. Essas partes são basicamente seções de stealth, onde você pode escolher desviar deles ou executá-los chegando por trás deles.

Em nenhum momento você ganha realmente poder para lutar contra os demônios e eles não são mais do que obstáculos ocasionais, em nada relacionados com a história.

 Os bons gráficos de Murdered: Soul Suspect estabelecem uma boa atmosfera (Foto: shacknews.com)

Os bons gráficos de Murdered: Soul Suspect estabelecem uma boa atmosfera

O setor sonoro fica em segundo plano a maior parte do tempo provendo apenas um pouco de som ambiente para caminhar, sempre em tom melancólico. O grito dos demônios no entanto, deverá assustar você algumas vezes, tanto quando eles surgem inesperadamente, como quando você acaba sendo pego por um deles.

Conclusão

Murdered: Soul Suspect surpreende com um conceito inteligente e diferente, mas acaba falhando em desenvolver bem a sua ideia. O jogo vale a pena ser jogado pelo menos uma vez.

  

  • Legenda: Inglês
  • Audio: Inglês
  • Tamanho: 8,5 GB
 
 

Avalições

Based on 1 review Escreva uma avaliação