Hitman: Absolution special edition

PS3

R$ 21,89
Licença
-
+
Marcadores / / / /
Descrição

 

A franquia de jogos Hitman parecia ter sido esquecida pela indústria e jogadores, que após quatro títulos de relativo sucesso, simplesmente sumiu do mapa. Agora, seis anos depois, o Agente 47 está de volta em Hitman Absolution – mas será que a espera valeu a pena? 

 Hitman Absolution (Foto: Divulgação)

Thriller de suspense de categoria B!

Absolution gira em torno de uma conspiração e 47 deve fazer de tudo para buscar a verdade. Contratado para eliminar Diana Burnwood, sua antiga chefe, ele parte em busca do último desejo dela: proteger uma garota chamada Victoria. Com o passar do tempo, vamos descobrindo porque a jovem é importante para tanta gente perigosa, inclusive para a agência em que 47 trabalhava, a International Contract Agency.
O tom da narrativa pode ser um tanto sombrio, mas os personagens compensam isso. Entre mafiosos caricatos e estereotipados, do capanga inteligente ao mais descerebrado, 47 lida com assassinas profissionais vestidas de freira, policiais corruptos e hippies alucinados. No geral, eles podem não trazer aquele ar de novidade à trama, mas são bem divertidos.
O único problema são algumas das falas presentes nas cenas principais do jogo, que pecam pela qualidade, e deixam Absolution com cara de Filme B. Mas o diálogo entre personagens secundários, dentro dos cenários, são muito mais elaboradas, e trazem alguns dos melhores momentos do jogo.

 hitman2 (Foto: hitman2)
Hitman Absolution 

Uma visão inspirada da profissão dos matadores

Logo de cara, Absolution parece mais um jogo de tiro em terceira pessoa, com elementos furtivos, que lembra séries como Metal Gear Solid e Splinter Cell. Mas as habilidades de 47 são diversas, e vão muito além de poder se esgueirar pela escuridão do cenário, distribuir tiros ou matar silenciosamente seus inimigos. É possível fazer rotas alternativas para atingir seus objetivos, adquirir disfarces dos oponentes vencidos para se infiltrar entre eles, e até mesmo antecipar a movimentação inimiga.
Além do motor gráfico permitir multidões de personagens se movimentando sem perda de frame-rate, a iluminação dá um show à parte, deixando o contraste de roupas e cenários extremamente detalhados. Os cenários contam com um design inspirado, e é possível perceber que a equipe de desenvolvimento gastou muito tempo para lapidá-los graças a muitos detalhamentos ao seu redor.
Os cenários também contam uma disposição interessante de armamento que 47 pode utilizar. E não são apenas armas de fogo, mas sim martelos, pedaços de estátuas de mármore, cordas ou facas. Outra diferença de Absolution para os jogos anteriores está na maneira com que a história é conduzida. Aqui, além do jogo ter um tom muito mais obscuro e sombrio que os título antigos, também conta com uma interação maior com cutscenes explicativas a cada fase que detalham o andamento da história.

 hitman3 (Foto: hitman3)
Hitman Absolution

Entre o disfarce e o ataque furtivo

O grande mote de Hitman Absolution é que há uma liberdade bem maior de interação com o cenário e a jogabilidade no geral está muito mais incrementada. Isso possibilita uma variedade de escolhas feitas pelo jogador, que vai pensar: mato aquele grupo de inimigos, ou me disfarço e passo despercebido?
Cada escolha possibilita diversos caminhos. É possível obter as roupas de um segurança de eventos e sabotar a rede elétrica do local, o que fará com que seu alvo tente consertá-lo e acabar morrendo eletrocutado. Há também como envenenar a droga que será utilizada por outro alvo e esperar até que ele morda a isca.

 O minigame Hitman: Sniper Challenge será distribuído para os compradores (Foto: Divulgação) (Foto: O minigame Hitman: Sniper Challenge será distribuído para os compradores (Foto: Divulgação))
Hitman Absolution

Isso deixa, em parte, o ritmo do jogo muito mais lento, já que os alvos devem se direcionar ao local da armadilha. Aqueles que não gostam de esperar, podem distribuir tiros pelas fases, correr, pegar outro disfarce e torcer para não ser descoberto. O que, em alguns casos, também dá certo.
E é aí que Absolution brilha, deixando a cargo dos jogadores como trilhar seu próprio caminho. Parece que a IO Interactive se inspirou em sucessos atuais como Dishonored e Deus Ex: Human Revolution, que foram muito elogiados por trazer esse tipo de escolhas à jogabilidade.
Curiosamente, quando se está em território inimigo, é possível procurar rotas e brechas nas barreiras para conseguir avançar. Até aí tudo bem, mas uma hora ou outra acabamos cometendo um pequeno deslize e pronto: seu disfarce não serve mais. Subitamente, diversos inimigos vão de encontro ao local e você poderá ser alvejado, pelo que mais parecem milhares de tiros, no que resulta em uma morte quase instantânea. Não há checkpoints e o jogo te obriga a repetir tudo que fez, desde o início, fator que pode frustrar jogadores iniciantes.

 Hitman Absolution (Foto: Divulgação) (Foto: Hitman Absolution (Foto: Divulgação))
Hitman Absolution 

O instinto e o estranho sistema de pontuação

Entre as diversas habilidades de 47, a que mais se destaca certamente é a Instinct, que funciona como uma espécie de radar, mostrando objetos e inimigos através do cenário, inclusive as rotas que eles fazem ao patrulhar um determinado local. Ela serve como um auxílio para iluminar objetos do cenário, que podem ser utilizados para ludibriar ou matar inimigos. Lembra muito habilidades de outros jogos, como o "detective mode" em Batman Arkham Asylum, e a "eagle vision" em Assassin's Creed.
Há habilidades mais convencionais, como o simples ato de jogar objetos próximos aos capangas para criar uma distração. Ao matar o inimigo, é importante também carregá-lo a um baú ou armário, escondendo seu corpo. Com tantas opções, é de se pensar que o jogo preza pela liberdade, certo?
Errado. É aí que entra o estranho sistema de pontuação. A cada fase, é possível eliminar qualquer inimigo avistado, mas ao fazê-lo, você também perde pontos, pois o jogo entende isso como "uma morte desnecessária". Ao final de cada fase, seu ranking fica prejudicado caso tenha matado muitos inimigos.
Esse sistema também é influenciado pela quantidade de objetos que coletamos ao longo das fases - sem uma explicação aparente. Um jogo que traz um mar de escolhas para alcançar seus objetivos, pune jogadores que deixaram de coletar determinados objetos, ou que tenham matado muitos inimigos? Um tanto contraditório.

 hitman4 (Foto: hitman4)
Hitman Absolution

Modo Contratcs

Com tantas mecânicas envolvidas no jogo, Hitman Absolution não poderia deixar de ter um grande modo multiplayer. Chamado de "Contracts", é possível revisitar qualquer cenário do modo single-player e criar desafios, competindo com outros jogadores para eliminar até três NPCs de acordo com as regras estabelecidas.
Essas regras são simples, e envolvem critérios, como esconder corpos ou não ser detectado por nenhum inimigo. É possível escolher o armamento inicial e os disfarces disponíveis. Quem completar o desafio primeiro, respeitando as regras, vence.
O modo é perfeito para preencher lacunas deixadas na campanha solo, como por exemplo em fases de fuga. É possível revisitá-las, agora com a devida calma e atenção aos detalhes, direcionando seu ataque em três alvos diferentes e competindo contra pessoas do mundo inteiro para se destacar nas leaderboards online.

 Hitman Absolution (Foto: Divulgação)
Hitman Absolution 

Conclusão

Hitman Aboslution é um excelente jogo de ação e aventura, que vai fazer os jogadores gastarem horas em uma única fase. O multiplayer amplia a diversão e inova com o modo Contracts. Este é um daqueles jogos que se mostra confiante na própria fórmula que criou, e mesmo inconsistente, traz momentos brilhantes.

 

    Especificações
    • Áudio: Inglês
    • Legenda: Inglês
    • Tamanho: 16,1 GB

    Trailer

     


    Gameplay

     



    Tipos de Licença

    Avalições

    Based on 1 review Escreva uma avaliação

    Produtos vistos recentemente